quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Elegância de boneca



Quem me conhece sabe que sou entusiasta de coisas antigas, e filmes não estão fora da lista. Neste carnaval, para fazer jus à minhas manias e para me divertir também, decidi ter uma overdose de Audrey Hepburn.

Além de achar o cinema dos 50/60's uma delícia, adoro pegar umas inspirações para looks e decoração (sim, as pessoas me olham na rua sem saber o que acontece comigo =B).

A Audrey não era só uma diva hollywoodiana, ela tinha charme! Enquanto a Grace Kelly e a Liz Taylor tinham aquele etereal glow, aquela aura de deusas intocáveis e inacessíveis, a Audrey tem esse lado divertido, uma doçura cativante que nos faz senti-la próxima, como uma bonequinha querida. Sua beleza é única e diversa do padrão da época - estatura esquia, pescoço longo, pés grandes - o que não reduz em nada a potência do seu charme.

Audrey é plena: charme por dentro e por fora. Sabiam que ela foi uma grande engajada em causas humanitárias ?

***
Ouvindo Guilty - Russ Columbo



Nenhum comentário:

Postar um comentário