quarta-feira, 8 de abril de 2009

Carla Bruni

Carla Bruni é uma mulher, digamos assim, arretada. Essa franco-italiana de 42 anos(!), hoje primeira dama da França, tem uma história e tanto. De normal, Bruni não tem nada. Alta, bonita, colorida, sofisticada, poliglota, politizada, desencucada e esquerdista.


Oriunda de uma família ligada à CEAT (fábrica italiana de pneus) e à ENI (petrolífera italiana, outrora estatal), Bruni foi com os pais e os irmãos para um exílio na França em 1973, fugindo das Brigadas Vermelhas, organização terrorista de cunho marxista que recorreu a sequestros e assassinatos naquele período da história italiana. Cresceu em Paris, tendo cursado parte de seu período escolar na Suíça e, de volta à França, estudado em Universidade de Sorbonne.
*
Em 1988, abandonou de vez os estudos para se dedicar à carreira de modelo; considerada uma das mais belas modelos de sua época, Carla Bruni foi contemporânea de Claudia Schiffer, Naomi Campbell, Christy Turlington e Kate Moss no mundo da moda - a primeira geração de top models internacionalmente famosas. No fim dos anos 1980, era uma das vinte modelos mais bem pagas do mundo, ganhando cerca de 7,5 milhões de dólares por temporada.
*
Herdeira de uma senhora fortuna, teve relacionamentos com rockstars como Mick Jagger e Eric Clapton (que inveja!) , o magnata Donald Trump, e atores como Kevin Costner e Vincent Perez, entre outros.
Depois de uma carreira bem sucedida como modelo entre 1987 e 1998, trocou as passarelas pela música, tendo lançado três discos até a presente data: Quelqu'un m'a dit (de 2002, cantado em francês e elogiadíssimo pela crítica), No promises (de 2006, cantado em inglês, com os versos de William Butler Yeats e Emily Dickinson, dentre outros) e Comme Si De Rien N'Était (de 2008, cantado em inglês e em francês); este último contendo algumas letras polêmicas e que fazem alusão a seu atual marido, o Presidente da França Nicolas Sarkozy, como Tu Es Ma Came ("Meu homem, eu enrolo e fumo"/"[amor] mais mortal que a heroína afegã, mais perigoso que a branca colombiana"), Je Suis une Enfant ("Continuo a ser criança, apesar de meus 40 anos, apesar dos meu trinta amantes"), Ta Tienne ("Você é meu senhor, você é meu querido, você é minha orgia") e You Belong to me.


Em Dezembro de 2007 surgiram rumores na imprensa francesa afirmando que estaria namorando o Presidente da França, Nicolas Sarkozy, recém-separado num rumoroso caso que incluiria traição (revista L'Express do 16 de dezembro de 2007 e revistas Point de vue, Paris Match, e Closer do 19 do mesmo mês). Em janeiro de 2008, informou-se oficialmente que ambos se casariam em breve. Viriam a casar no dia 2 de Fevereiro de 2008 no Palácio do Eliseu, em Paris.

Seu posicionamento político é radicalmente contrastado com o do marido: ele, de direita; ela, esquerdista convicta. Os dois convivem bem, apesar disso, e ela, pra não ficar maior que ele nos eventos, usa somente sapatilhas. Que fofa, não?


Ela já pousou nua pra tudo quanto é revista, mas, depois que se tornou primeira dama, adotou um visual mais chique e composto, que lembra muito a Jackie Onassis.

Vocês devem estar se perguntando: como faço para chegar ao 40 sem uma ruga sequer no rosto? Bruni responde: "Não me exponho ao sol. Nunca!". Anotaram?
Contudo, bem que a bela podia reduzir o cigarro, que como se sabe, aumenta os radicais livres causando as odiadas rugas.
*
FRASES:
'Não me vejo como uma devoradora de homens. Sou apenas uma mulher livre que, até este momento, viveu como quis'
*
'Um homem gostaria de ser sempre o primeiro no coração e na cama de uma mulher, e uma mulher quer ser sempre a última.'
*
'É preciso explorar confrontações e limites antes de se lançar nas questões delicadas. Existe a razão de cada um e a razão do Estado. É preciso sintetizar as opiniões contraditórias, e isso não se faz do dia para a noite.'
*
'eu não sou uma artista provocante, nem nos meus textos, nem no meu jeito de viver. Sem dúvida, certos eleitores do meu marido não aprovam o fato de eu ser cantora, mas as coisas são assim. Quanto às letras, não mudei nem uma vírgula! E teria me recusado se Nicolas, ou seus conselheiros, me tivessem pedido para mudar. Eu ajo como quero. '
*
Carla Bruni é exemplo de que só beleza não põe mesa. É preciso ter conteúdo!
***
Ouvindo: Carla Bruni - Quelqu'un m'a dit
***
Fontes: wikipedia e Marie Claire Ed. 213 12/08

13 comentários:

  1. Adoro a Carla Bruni, como modelo, cantora, esposa do presidente, mulher, fashionista, tudo! Ela é extremamente elegante e discreta sem perder o charme e a beleza, sem ficar meio matrona, sabe? Acho isso fantástico.
    Carla é uma verdadeira dama.

    B-jinho.

    ResponderExcluir
  2. Carla: sou sua fã e quero ser sua amiga!! Me liga!!! (acho que estou lendo muito o Agora que sou Rica!)
    Beijos montes,
    Lou

    ResponderExcluir
  3. Acho a Carla demais! Sou fanzona dela mesmo, pela discricao, elegancia e fora que ela canta super bem ne?
    Ela e linda!
    Adorei saber um pouquinho mais dela aqui!

    bju bju

    ResponderExcluir
  4. Ganhou um chiclete :D Acertou!!

    Qual sabor sq vc mais gosta? ;)

    Beijocas, Aline!

    ResponderExcluir
  5. adorei muito que vc passou lá no blog e já estou te seguindo, hehehe. acho a carla bruni lindíssima e com certeza quando ela morrer (ai Deus me livre, hehehe) será aquelas mulheres para sempre lembradas... hehehe sinônimo de elegância!
    um beijo!!!

    ResponderExcluir
  6. Também gosto muito da Carla!
    Como disse a Lily, como modelo, fashionista, primeira dama!
    Ela consegue arrasar em tudo o que faz!
    beijinho

    ResponderExcluir
  7. Muito elegante, linda..um ícone eu diria..

    bjs

    ResponderExcluir
  8. I like her very much. After becoming France's first lady, her style definitely went to a superior level.She is always elegant and classy, but still very natural.

    ResponderExcluir
  9. Ela é maravilhosa, uma verdadeira inspiração! Adorei saber detalhes da sua vida que desconhecia! Quero ser como ela quando crescer!

    ResponderExcluir
  10. Que personalidade,heim!Nunca foi "santa",virou primeira-dama...é respeitada e admirada...interessante tragetória!Adoro aquela música dela,que não sei o nome...mas acho que é que mais sucesso fêz por aqui!


    bjs,Aline!!

    ResponderExcluir
  11. Ah Aline! Que post bacana! Acho a Carla Bruni maravilhosa sob todos os aspectos, até por q ela é uma mulher q vivia em uma realidade completamente diferente e soube se adaptar à nova condição de primeira-dama e tudo o mais, além de claro ter de abrir mão de seus próprios propósitos pela do marido de forma tão sublime. LINDA!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. estou aqui lendo seus post, ouvindo as músicas da carla bruni (amo o primeiro cd dela) e me dei de cara com esse post!!! :) :) :)

    beijos

    ResponderExcluir
  13. O post é antigo mas preciso dizer: AMO a Carla Bruni, primeiro pq é minha xara...rs, bricadeira! Ela é eleganterrima, simples, ótima cantora, uma voz realmente adorável! Inteligente...Como a Lou disse:
    Me liga!Quero ser sua amiga! rsrs
    bjos...Cá

    ResponderExcluir