sábado, 5 de dezembro de 2009

Bom dia!

Participamos de uma singular dança de máscaras sobrepostas, atrás das quais somos o objeto de nossa própria inquietação. Nem inteiramente vítimas nem totalmente senhores, cada momento de cada dia um desafio.
Essa ambiguidade nos dilacera e nos alimenta. Nos faz humanos.
(Lya Luft)

5 comentários:

  1. LIndo texto!Adoro a Lya e os livros dela, vc já leu pensar é transgredir?
    Esse livro mudou minha vida.
    Beijos bom find querida!!!!

    ResponderExcluir
  2. nunca li nada dela... mas adorei o pensamento..

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Adoro Lya Luft. E concordo com o esse trecho. Me sinto uma artista as vezes.
    Bjos, flor.

    ResponderExcluir
  4. Adoro isso, de ambiguidades e desafios diários, que é o que vivemos!
    Adorei!
    Beijo!

    ResponderExcluir