domingo, 20 de junho de 2010

Aprendendo a mudar

Nadar contra essa correnteza da opinião alheia e a atitude da maioria exige discernimento: o que fazer, o que escolher, o que mudar, ainda que seja apenas meu jeito de tratar os outros, ou o valor que me atribuo? Exige desejo e determinação.
Mudar, por pouco que seja, faz parte da nossa pequena guerra individual e cotidiana. Superar coisas que nem queremos, projetos que sabemos falsos, atitudes aplaudidas, porém ridículas, promessas mentirosas, turmas que não nos dizem nada, aventuras sem graça. Será, mesmo no mais banal, e em qualquer altura da vida, o início de um bom aprendizado: continuar crescendo.
(Lya Luft)

5 comentários:

  1. Que texto profundo.

    Bjs querida

    ResponderExcluir
  2. Oi. Belo texto. Falo também sobre esse tema: mudança no meu outro blog: http://jornadaproceu.blogspot.com/2010/06/mudanca-de-vida.html

    ResponderExcluir
  3. dont worry baby....
    karamba! ADORO esta música...

    esse blog é uma surpreendente...

    e se está cansada de postar looks, tenho certeza que vc é muito mais que roupas...vc tem conteúdo. é inteligente e meiga,isso faz diferença...

    :)

    e quando postar looks será uma delícia.

    ResponderExcluir
  4. Crescer é preciso, né, amiga? Amei o texto.
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Adorei o trecho que vc postou! Essa escritora é maravilhosa!!! Tive a oportunidade de participar de um bate-papo que aconteceu numa Bienal do livro a alguns anos atrás aqui em SP. Uma mulher corajosa, inteligente, determinada e ao mesmo tempo doce. Como vc!
    Adoro seus textos e suas fotinhos. Inspiradoras!
    Beijocas!!!!
    Karin Degaki

    ResponderExcluir