sábado, 5 de junho de 2010

O mundo imaginário do doutor Parnassus

Eu esperava que Alice fosse ser "O filmaço pirado do ano". Não foi. O título, no entanto, pode ser atribuído ao Mundo imaginário do doutor Parnassus, pelo menos por ora. O mais recente filme de Terry Gilliam causou considerável expectativa por duas razões: foi o último filme de Heath Ledger (que faleceu durante as filmagens) e pôde ser finalizado devido a uma ótima ideia: substituir Ledger por outros três atores. Pode parecer maluquice total, mas essa solução é totalmente aplicável ao enredo do filme.
O Dr. Parnassus (Christopher Plummer) tem o dom de inspirar a imaginação das pessoas. Dono de uma companhia de teatro itinerante, ele conta com a ajuda de seu assistente Percy (Verne Troyer) e do mágico Anton (Andrew Garfield) para oferecer ao público a chance de transcender a realidade e entrar em um universo sem limites, o qual pode ser alcançado ao atravessar um espelho mágico. Tony (Heath Ledger) foi encontrado pela trupe dependurado em uma ponte, à beira da morte. Após ser salvo, ele passa a integrar a equipe, como forma de escapar de seu passado. Em uma tentativa de modernizar o show, ele termina por conhecer o novo mundo oferecido por Parnassus e passa por diversas transformações (Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrel), no decorrer de sua viagem pelo espelho. Só que esta mágica tem um preço e ele está perto de ser cobrado ao dr. Parnassus: sua preciosa filha Valentina (Lily Cole).
Embora o filme elaborado por Gilliam esteja longe da perfeição, mesmo contando com um visual arrebatador, o filme se faz interessante pela abordagem surrealista envolvendo o imaginário, o inconsciente e o fantasioso diante um mundo pragmático e utilitarista, sustentado por uma sociedade que apregoa, hipocritamente, a moral e a ética. Terry Gilliam consegue fazer essa referência sem apelar para o proselitismo e sem incorrer em excentricidade.
A atuação de Ledger está primorosa, bem condizente com a complexidade do personagem, e as entradas dos outros atores estão otimamente encaixadas com o enredo.Embora o filme seja um pouco lento em alguns momentos, o saldo é muito positivo, além de adoravelmente belo. Entrou para história, certamente!
***
E hoje tem conexão Rio-SP, num encontrinho na Feira do Lavradio. Aguardem fotos!

9 comentários:

  1. Aline Aimée,você sabe fazer uma resenha,heim,uau!Amei!Vou assistir!

    bjs!Ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  2. to querendo ver esse filme a tempos! mas como a pessoa chata que mora aqui comigo odeia cinema, até hoje não fui.
    vou ver hoje com certeza. só uma sala aqui passando.
    amanhã conto como foi.

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Bom saber!!!! estava com vontade de assistir esse faz tempo!!! Agora com certeza eu vou!!!!
    Bjocassssss!!

    www.meuguiafashion.com

    ResponderExcluir
  4. Vi o trailer desse filme e já tinha gostado muito...dps der ler seu resuminho...adorei!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. OI Aline!

    Adoraria ter ido nesse incontrinho ,mas infelizmente hoje o dia amanheceu tão ruim ,chovendo e eu com uma preguiça enorme.Morar na baixada é uó!Mas não vai faltar opotunidades de nos conhecermos.Podemos marcar um encontro outro dia ,pois não conheço a fera do Lavradio.

    Que incrível essa sua resenha vc escreve mt bem,já tinha visto o comercial na tv ,mas a sua resenha foi mais convincente.Vi num post que vc é professora.Eu também sou,de Porutguês e Espanhol.E vc?

    Abração!

    ResponderExcluir
  6. Este filme tem que sair logo em dvd.

    Amei quando vi.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  7. Adorei o blog estou seguindo primeira visitinha e me apaixonei pelo seu espaço!
    Bjinhos ótimo fim de semana
    http://www.hippieechicks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Nossa, acabei de chegar do cinema, fui ver... acho que ainda estou no "meumundoimaginário" até agora.... surreal, incrivelmente surreal, sem ser excêntrico como vc disse. eu amei! pra mim, foi o melhor que eu vi nos últimos tempos...

    ResponderExcluir
  9. Ai que legal, já vou colocar na minha listinha pra assistir, bjos!

    ResponderExcluir