quarta-feira, 14 de julho de 2010

Modgirls












Mod (abreviatura de Modernismo) é uma subcultura que teve origem em Londres no final da década de 1950 e alcançou seu auge nos primeiros anos da década de 1960.
A subcultura mod teve início em turmas de garotos adolescentes cujas famílias eram ligadas ao comércio de tecidos em Londres. Esses primeiros mods eram geralmente de classe média, obcecados pelas tendências da moda e estilos musicais, como ternos italianos bem justos, jazz moderno e rhythm and blues.

Enquanto o estilo de vida se desenvolvia e era adotado por adolescentes ingleses de todas as classes econômicas, os mods expandiram seus gostos musicais para além do jazz e do R&B, abraçando também o soul (particularmente da Motown), o ska jamaicano e o bluebeat (versão inglesa do ritmo jamaicano). Eles também deixaram sua marca no desenvolvimento da beat music e do R&B britânicos, exemplificados em bandas como Small Faces, The Who e The Yardbirds. Entre as bandas britânicas menos conhecidas associadas ao cenário mod, estão The Action, The Creation e John's Children.


Os mods se reuniam em pubs londrinos como o Goldhawk e o Marquee Club para exibir suas roupas e passos de dança. Eles usavam tipicamente scooters como meio de transporte, normalmente das marcas Lambretta ou Vespa. Uma das razões é que o transporte público encerrava suas atividades relativamente cedo, e as scooters eram mais baratas do que automóveis. Depois que uma lei exigindo a instalação de pelo menos um espelho em motocicletas foi aprovada, os mods adicionaram 4, 10, 32 espelhos a suas scooters como forma de zombar da nova lei.

Outra subcultura jovem, conhecida como rockers (associadas à motocicletas e jaquetas de couro), frequentemente entrava em conflito com os mods, levando a batalhas em balneários como Brighton, Margate e Hastings. Em 1964, o conflito "mods versus rockers" deu origem a um pânico moral voltado contra a juventude moderna na Grã-Bretanha.

3 comentários:

  1. AMOOOO! :D
    Eu tive uma época bem Mod, engraçado que eu sempre lembro do dia que o meu ex-namorado perguntou: "Vc não vai me trocar por um Mod né? (no caso ele não era nem um pouco mod, hahaha)... Bem, nós terminamos, mas não o troquei por um Mod, se bem que ele merecia! hahaha ;P
    beijos Aline =*

    ResponderExcluir
  2. Menina, acho uma graça esses vestidinhos, essas estampas... Poderia parecer ingênuo, mas é pura provocação! No brechó Varal do Beco tá cheio!! ehehe Só os tecidos que não me agradam: de acordo coma 'tendência' e estética da época, era 'in' usar tecidos muuuuuitos sintéticos! Ugh!
    Beijinhos mil!

    ResponderExcluir