quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Desafio de livros - dia dois - Um livro que não gostei

Um livro que não gostei

Olha, não sou de largar livro pelo meio, por mais chato que ele seja. Mas um livro que não consegui terminar foi Lolita, do Nabokov.


Podem me chamar de puritana, mas não curti a vive pedófila do romance. O cara botava a guria no colo e sentia altas paradas, não animei. É verdade que isso foi há milênios, e como não ousei terminar, nem posso dizer se tem alguma qualidade literária. Não lembro mesmo. 
Pra quem não conhece, o livro trata da história do "professor de poesia francesa Humbert Humbert, que se apaixona por Dolores Haze, sua enteada de doze anos e a quem apelida de Lolita. O professor, que já conta com uma certa idade, desde o início se define como um pervertido e aponta como causa um romance traumático em sua juventude". (copiei esse pedaço do wikipedia porque não lembro detalhes)

Quem leu e tem opinião diversa, dá a dica pra galera nos comentário!

17 comentários:

  1. Eu não li mas lembro que minha mãe tinha esse livro e tambem odiou. Era só putaria, mais nada. Meu pai sem nada pra fazer, levou o livro para ler no trabalho noturno. Achou tão ruim que deu pra alguem por lá mesmo

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei!
    Eu li e depois assisti o filme, o final é fantástico!

    ResponderExcluir
  3. Eu nem cheguei a ler, mas meu marido começou e tbm não terminou. Ele disse que se sentia bem incomodado com o fato do autor escrever tão bem que parecia que essa história de pedofilia era legal. Vc leu mais alguma coisa desse escritor? De repente é bom...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Eu li e gostei. Acho interessante comparar o filme com o livro. No livro fica bem claro que o cara é pedófilo e a Lolita é v´tima, já no filme, ela aperece muito mais insinuante, quase que induzindo o personagem a abusá-la. Achei o filme com uma visão bem machista.

    Carol

    ResponderExcluir
  5. Eu amei esse livro. Trata-se de uma linda historia de amor. Na minha opinião uma genialidade. Pedofilia e uma doença e ele era um doente. Quem sente atração sexual por crianças precisa de tratamento medico. Isso que um livro tão antigo , mais para mim tão sábio mostra. Um dos contos de amor mais bonitos que já li que mostra o outro lado. O lado do pedófilo. Mostra o sofrimento de se desejar algo proibido. Se vc tivesse lido o livro inteiro ia saber que ele nunca se perdoa por ter feito o que fez por lolita , e move mundos e fundos para reparar seu erro. Ele sabe que o amor dele por lolita era uma coisa genuína e verdadeira porém errada. Não vou ficar me alongando se não vou acabar contando o que acontece no livro . F-a-n-t-a-s-t-í-c-o. Uma obra prima. Sem duvida o livro é muito melhor que o filme. Nem recomendo ver o filme. O filme não mostra a essência do livro. Se ver realmente vai achar que esse conto é apenas putaria.

    ResponderExcluir
  6. Viviane e Carol, vcs me deixaram com vontade de ler o livro de novo!
    hehe

    ResponderExcluir
  7. Esse faz parte de um de meus livros favoritos!
    Sei que o lado voltado a pedofilia que retrata o livro é sim um pouco pesado vendo pelo lado: Humbert pedofilo! Não, o que vejo é quase uma doença q ele tem, fruto de um passado (ainda pré-adolescente) e sua namoradinha da epoca! não desmereço o fato que ele realmente acaba com a vida de Dolores,e como é um romance onde ele é o narrador se deixa passar o lado pervertido dela como algo que pode ser apenas da cabeça dele. Mas no fundo Nabokov vai muito mais alem que um romance escrachado na cara da sociedade, fala de desejos e repressoes que levam as pessoas aos seus atos independente de sua idade.

    mas essa é minha opinião ao livro, hihi
    beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Estou lendo esse livro no momento, ele é muito bacana e o autor escreve incrivelmente bem, a linguagem é altamente rebuscada. O problema é que as vezes você lê lê e o lviro parece não sair do lugar sabe?! Comecei a acha-lo meio cansativo. Mas ainda é bem bacana.

    AMEI seu blog *-*
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Também não sou de deixar livro ao meio, mas esse eu acho que também não terminaria.
    Beijo, amiga!

    ResponderExcluir
  10. Oii
    Saudades daqui. Com essa vidinha corrida falta tempo para folhear os blogs queridos,rs
    Tenho esse livro em casa, mas nunca li. Seraá que depois desta critica vou ficar com vontade de ler ou não? Depois te conto. bjim www.luanacrescente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Antes, obrigada pelo carinho no blog!! ^^ (e menina, vc parece bem mais nova!!)

    Olha... eu li esse livro faz um bom tempo já, e eu lembro que eu gostei. Foi uma leitura que me incomodou muito, e as vezes eu está me sentia culpada por estar gostando sabe? Enfim, foi um misto de sentimentos estranhos...

    Beijocas!!

    ResponderExcluir
  12. Admito que tenho vontade de ler... =P
    mas tenho minhas resalvas quanto a essa postura dele... :/

    ResponderExcluir
  13. Oi Aline!!! Ainda não li LOLITA. Só assisti o filme, na versão moderna com o Jeremy Irons. Nesta versão a menina se faz bem sedutora. Preciso ler o livro.
    Agora, um livro que não consegui terminar, mas conseguirei é FEDRA, de Racine. Empaco toda vez que recomeço!!!! Mas um que coloquei na reciclagem de tão ruim foi ENQUANTO O AMOR NÃO VEM. Foi presente :(( PÉSSIMO!!! Auto-ajuda... nem preciso falar mais nada!!! Cheguei no segundo capítulo, fechei e coloquei na reciclagem, para aproveitarem o papel, pq o conteúdo... BJOKAS!!!!

    ResponderExcluir
  14. Também detestei, terminei, mas achei incômodo demais, e não de um jeito bom.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Nunca li, mas já vi o filme e, assim como tu, detestei essa coisa pedófila. Em relação a livros que não gostei, Gabriel Garcia Marques está na frente, sem dúvida. Não vale a pena, não gosto não gosto não gosto! Li Memória das Minhas Putas Tristes e achei horrível, li (com MUITO sacrifício) Cem Anos de Solidão e achei muito confuso, deixei a meio Amor em Tempos de Cólera porque não deu mesmo e o único dele que li e gostei foi Crónica de Uma Morte Anunciada. Há coisas que não se explicam, hehehe!

    ResponderExcluir
  16. Eu li, mas a muuuito custo. Nem foi pela coisa da pedofilia, é porque é arrastado mesmo... Achei muito chato (eu também dificilmente largo um livro, mas fiquei com vontade de dar um pontapé nesse). Acho que o Kubrick fez milagre com o filme dele, acho bastante superior ao livro, até porque tem o Peter Sellers...

    ResponderExcluir