segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Desafio de livros: Um livro que você adora e não é mais encontrado nas livrarias

Um livro que você adora e não é mais encontrado nas livrarias

Há alguns anos, um amigo meu me apresentou a Elsie Lessa, uma jornalista paulista, que ficou mais conhecidas por sua coluna de crônicas, Globbe Trotter, no Jornal O Globo.
Elsie era filha de Julio Ribeiro e foi casada com o escritor Orígenes Lessa, com que gerou o também escritor Ivan Lessa.
Elsie compunha suas crônicas com uma veia poética, mantendo sua representatividade ao lado de autores como Rubem Braga e Fernando Sabino. Essa carioca de coração voltava sua curiosidade para tudo aquilo que valesse a pena ser lembrado, contemplado: um sorriso de criança, uma tarde cor de rosa, a expressão inesperadamente curiosa de um companheiro anônimo de viagem, uma conversa com amigos na beira da praia, um passeio de bicicleta... 
 
Infelizmente, suas coletâneas dificilmente são encontradas, demandando intensa pesquisa em sebos. Uma delas, de que gosto bastante é Ponte Rio-Londres.




Elsie foi casada com um diplomata e viveu alguns anos em Londres, de onde escrevia para o jornal.

6 comentários:

  1. De fato eu nunca vi este livro...
    Achei esse desafio bem bacana, um isentivo a conhecer livros que as outras pessoas gostam é bem legal...

    Beijos flor boa segunda

    ResponderExcluir
  2. Obrigada minha quelida, mas linda e fina são seus olhos!
    Bem se fosse uma feira de Livros com certeza a Ju estaria melhor..kkkkkkkk ia adorar.
    E estes aí com cereza ela ia procurar para compra-los de qq jeito.
    Já deve ter lido o post dela né?

    Ótima semana
    Beijos coloridos!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada minha quelida, mas linda e fina são seus olhos!
    Bem se fosse uma feira de Livros com certeza a Ju estaria melhor..kkkkkkkk ia adorar.
    E estes aí com cereza ela ia procurar para compra-los de qq jeito.
    Já deve ter lido o post dela né?

    Ótima semana
    Beijos coloridos!

    ResponderExcluir
  4. Pessoa culta! Este eu nem sabia que existia. rs
    bJu

    ResponderExcluir
  5. Oi querida!!!!!

    Me desculpa a "ausencia"? Na verdade vc faz parte daquele seleto grupo que visito a cada atualização (Mel, Mira, Lily, Mari, Naty, Carol, Fê e por aí vai), mas não tenho deixado recado prá ninguém. Imagina só...eu leio o post...aí tiro o olho da tela e a Grazi tá roendo o móvel. Volto prá tela. Saio e a Grazi tá comendo as bolinhas da cortina, lambendo o chão, abrindo gaveta, caindo de boca na quina....é uma loucura rsrsrsrsrs!

    Mas como já comecei, deixa eu terminar, pq tem a ver com o post do livro Lolita (juro que tentei comentar no dia, mas a Grazi devia estar tentando comer a manta do sofá). Eu li até pouco mais da metade. O livro em si não me incomodou...o que me incomodou foi o dia que parei para pensar no cérebro por trás do livro. Sei que o escritor pesquisa, conversa com psiquiatras, doentes e outras pessoas antes de escrever, mas nesse caso achei realista demais. Na verdade é praticamente o mesmo que penso sobre o Stephen King...se encontrasse esse cara, eu ia correr pro outro lado rs!

    Imagino pelo que falaram que o final deve ser bacana (o filme eu vi todo e não tem nada a ver com o que li...), mas ainda assim fiquei chocada com o autor e incomodada com o fato de ele saber tanto sobre a mente de um pedófilo. Acho bacana por mostrar o "outro lado", mas fiquei profundamente incomodada. Um dia vou terminar de ler, mas vai ser daqui uns anos. Com uma filha menina e pequena, acho que não tenho estômago agora!

    Tava pensando em seguir e fazer o meu Desafio de livros (mas eu sou mulherzinha...vou acabar com um monte de dicas de chick lit rs).Vou ver se consigo!!!

    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  6. Fiquei interessada no livro *-*
    Parece legal, será que eu acho? )=
    xoxo,

    ResponderExcluir