quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Dica de cinema - A pele que habito


Antes de mais nada, aconselho-os a ler o mínimo possível sobre o novo filme de Pedro Almodóvar, A Pele que Habito. Do contrário, corre-se o risco de perder grande parte do impacto que o filme produz. Saiba apenas que Antonio Banderas é o cirurgião e pesquisador bem-sucedido Robert Legard, que, após o acidente da esposa, dedica-se a experiências com a pele humana. Ele mantém em sua casa um consultório e uma sala de operação, mas cuida somente de uma paciente, a misteriosa Vera, mantida em isolamento, com a ajuda de sua empregada.

A película se constrói por flashes que gradativamente explicam um intrigante e absurdo enredo. O diretor explora bastante seu cinema de cores explosivas, retornando ao estilo que o consagrou no início dos anos 1990 - repleto de reviravoltas, suspense, ação, tiros. No entanto, tudo isso serve basicamente para nos despistar diante de um iminente horror, bem mais profundo e psicológico.

Com abordagem noir, o diretor busca explorar o comportamento dos personagens diante dos dramas que experimentam. Em especial Legard, como um homem perturbado que perdeu todos os entes queridos, e vê naquele que acredita ter agredido sua filha alguém que pode transformar numa assustadora experiência. 

Associados ao tema de ficção científica, há o mistério e o fantástico, articulados pela ausência de maiores explicações para as atitudes absurdas dos personagens, que acabam acentuando nosso estranhamento. A trilha sonora composta por dramáticos violinos reforça a tensão de um filme que quer explorar inúmeras questões - bioética, psicanálise, desejos reprimidos, traumas - sem no entanto se aprofundar em nenhuma.

Deixando seu humor característico de lado, Almodóvar logra no que faz melhor, chocar. E mais: afirma seu peculiar desajuste em qualquer categoria definida, ao passear por várias delas com ousadia.

21 comentários:

  1. Vou ver esse filme sabado, to mega afns, bj

    ResponderExcluir
  2. Chamou a atenção. Tem alguns filmes que quero ver e estrearam recentemente

    ResponderExcluir
  3. Assisti ontem no cinema, valeu mto mto a pena, deveria ter ido antes ate.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu vi. Mas sabe, é o tipo de filme que eu penso 1000 de vezes antes de fazer resenha lá no blog. Primeiro pq muita gente não vai gostar. Segundo pq não sei falar sobre esse filme sem soltar spoiler! ahaha

    Beijos, amiga!

    ResponderExcluir
  5. Amoooo Almodovar !!!
    Quero muito ver, fiquei super curiosa !!!
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. ia assistir ontem, mas acabei ficando até tarde no trabalho e desisti...

    ResponderExcluir
  7. Liii!

    Tô meio sumida, é a correria, mas semana que vem volta ao normal! rs!

    Comprei o livro que deu origem ao filme essa semana, o "Tarântula", mas ainda não tive tempo de ler. Tô super ansiosa tb, parece ser ótimo.

    bjinhuss!

    ResponderExcluir
  8. Estou louca pra ver o filme, que bom que sua resenha comprovou que é o filme é bom. Espero conseguir assistir esse feriado! Adoro Almodóvar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Fe, eu pensei mil vezes tb e nem acho que é um dos melhores! Mas Almodóvar é como pizza: bom até quando é ruim.

    rsrs

    ResponderExcluir
  10. Fiquei tão decepcionada com abrazos rotos que tô sem coragem de ver isso aí. Dois pontos a favor: 1) vc está indicando, 2) é de "terror".
    Bjo
    Anna

    ResponderExcluir
  11. Ai, pois para mim está na lista dos 3 mais empatado com Volver. Line, eu alucinei com esse filme. São poucos os diretores que me deixam sem fôlego e sem palavras, a maioria já não está mais dirigindo, mas com certeza Almódovar é um deles. A Pele que Habito tem o traço almodovariano, mas é totalmente diferente de tudo que ele já fez. Falta a Espanha, sobra ineligência para manter uma história tão surreal e tão verídica ao mesmo tempo.
    Eu amei!! Não falei nada no blog justamente porque se falasse ia contar o filme todo kkkkkkkkkkk
    Beijos
    Tati

    ResponderExcluir
  12. É a segunda pessoa que eu vejo indicar esse filme. Já quero ver!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  13. Oi flor, tudo bem?
    Obrigada pelo seu comentário....você é muito fofa mesmo!!!!

    Como estão as coisas?
    Obrigada pela dica do filme!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Estou louca pra assistir a esse filme! Imagino que a perversão deve rolar solta! Adoro diretores que têm a capacidade de expressar o inconsciente em uma obra de arte. Almodóvar é sempre um deles!
    Beijos,
    Claudia

    ResponderExcluir
  15. Oi! Vi o seu blog no concurso das blogueiras Bebecê!
    Valeu pela dica do filme!

    Beeijos =*
    (Momentos de Beleza)
    http://nathdefreitas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu estou absolutamente morta de curiosidade para ver esse filme...
    Não vejo a hora, aliás!
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. assisti e gostei muito! a historia é muito intrigante mesmo! fiquei tensa o filme todo heheh

    =*

    ResponderExcluir