quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Nick, meu amor, Cave



Outrora, em áureos tempos, esse blog se arriscava a fazer umas playlists temáticas. Tanta coisa aconteceu, desanimei, fui tomada de preguiça crônica, e essa casa deu de acumular poeira e somente presenciar alguma animação em raras ocasiões.

Ontem, calhou que terminei minha produção rápido, não havia muitos colegas aqui no trampo com quem papear e, inspirada pela trilha sonora eleita para o dia, resolvi fazer uma listinha de um dos meus artistas favoritos que acabou ficando de fora das seleções: o lindo do Nick Cave. Ele já apareceu aqui celeremente quando falei do filme (incrível) Asas do desejo, e vai reaparecer hoje, com a atenção devida e uma lista de respeito.

Primeiramente, vamos admirar a presença da pessoa:


Com essa imagem de poeta errante, lost soul, menino mau (ok, parei), ele compôs músicas românticas de liquefazer o espírito mais rígido. Cantor, compositor, ator, escritor, roteirista e multi-instrumentista, esse australiano tem um interesse notório por literatura, religião, por amores arrebatadores (rimando horrores) e pela morte. 

A listinha vai ser com links do youtube mesmo, porque é o que dá pra fazer aqui no trabalho, onde praticamente tudo é bloqueado. Os clipes dele são ótimos, by the way!

Nick romântico:




Nick literário:
(Aqui ele se inspira em mitos e obras célebres pra criar suas próprias histórias)


(inspirado em versos do Paraíso Perdido)

Nick mórbido:

(Com a linda da PJ Harvey, a música é inspirada na canção folk escocesa "Young Hunting")

(Essa música narra a devastação de uma cidade, mas o clipe é tão animado! Legal demais!)

Nick angustiado:

(do filme Asas do Desejo)

Nick místico:




Queria pôr mais músicas, mas está chegando a minha hora aqui no trabalho - o que talvez seja bom, porque a lista acabaria ficando gigantesca. É fato que, daqui a dois minutos, a caminho de casa, lembrarei de mais uma pataca de coisas pra acrescentar aí. Mas não extenuarei os três leitores que ainda me lêem com acréscimos póstumos, podem deixar.
;)

Fiquem aí com a doçura e sensibilidade rústica do Cave, essa voz poderosa, meodeos!

Besitos!




2 comentários:

  1. Tb amoooo nick cave. Sei que o propósito aqui foi falar das músicas dele, mas queria saber se vc já leu "a morte de bunny munro". Um dos melhores livros ever...rs

    ResponderExcluir
  2. Nick Cave conheci quando era nanica e assistia MTV todos os dias, quando ouvi a voz daquele homem, fiquei num misto de medo e fascinação, com o passar dos anos o medo sumiu, rs.
    Ele é incrível, as letras, a voz... Preciso conhecê-lo como escritor, pelo que leio ele parece que manda muito bem também!

    Beigos,
    http://mauraparvatis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir