segunda-feira, 3 de junho de 2013

Um museu para quem ama os Beatles


Continuando sobre Buenos Aires, na Avenida Corrientes, dentro da Galeria Paseo La Plaza, ficam o Museo Beatle e o bar The Cavern Buenos Aires. Ambos pertencem ao empresário argentino Rodolfo Renato Vazquez, dono da maior coleção individual sobre a banda in da ráuse planet. Li sobre esse museu num blog de viagens e tomei nota no meu caderninho, só que por algum motivo escuso, senilidade provavelmente, esse item desapareceu da minha lista mental.

Fui alegre e feliz rumo a Avenida Corrientes com o objetivo claro de falir em livros. Lá pelas tantas da tarde, estou subindo a rua sísivamente com minhas sacolas pesadíssimas, quando noto uma galeria com pôsteres de teatro. Como namorado e eu havíamos estranhado a ausência de cinemas pelas ruas, pensei que ali pudesse existir algum. Não tinha certeza se todos os pôsteres eram de peças (a Corrientes, aliás, abriga vários teatros) e decidi entrar para conferir. E eis o reduto beatlemaníaco, em toda a sua glória, bem  na minha cara. Teriam as instâncias superiores cuidado para que eu tropeçasse no museu, que acabaria esquecido se dependesse da minha memória? Só sei que uma de minhas paixões acabou me levando a outra. Ainda bem!

O museu expõe alguns dos tesouros de Rodolfo, tais como fotos com o Ringo e Pete Best, autógrafos dos Fab Four, de George Martin e de algumas das "fab wives", e memorabília variadíssima - de miniaturas a caixinhas de suco de frutas. 

Ao lado, fica o pub temático, que conta com um palco na parte externa para apresentações ocasionais. As fotos estão ruins, mas dão uma ideia do lugar.






certificado do nascimento do Paul (what the fuck?)







Ao meu lado, o monte de sacolas com o estrago literário que fiz nos sebos e livrarias da Corrientes.

o sorvete dele: Black Bird

e o meu: Rubber Soul


12 comentários:

  1. Suas fotos de comida são indecentes!
    hauahuahau
    amei as fotos todas!
    quero o vestidinho 60´s com estampa de Beatles

    bjs

    e quero ir para a Argentina tmbm \0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei com a impressão de que esse vestido era uma camisola, rsrs.
      E vá!
      ;)

      Excluir
  2. Que lindo o lugar , já anotei na minha agenda que irei visitar esse lugar maravilhoso depois que conclui o espanhol rs . Amo The Beatles e achei as fotos muito lindas .

    ResponderExcluir
  3. Adorei o museu e os sorvetes !!! Nham, nham !!!
    Beijooocas

    ResponderExcluir
  4. Um dia quero ser uma pessoa que corre o risco de falir com livros, é mais fácil eu ir a falência com brinquedos rs
    Posso dizer que além da sorte de ter esbarrado no museu dos Beatles você conseguiu outra façanha: tirar e publicar uma foto do Igor :P E suas fotos não são ruins, se eu fosse você procuraria um curso pra continuar desenvolvendo essa paixão por fotos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz um verdadeiro ensaio do bonito!
      E vc acha que ele não fez cara de pânico quando descobriu que estava aqui?
      :P

      Excluir
  5. Line, to pirando aqui com seus posts sobre Buenos Aires, pois talvez eu vá pra lá no mês que vem.. presente do namorado..rs
    Muitas dicas bacanérrimas! Inclusive essa do Museu.. Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá, sim!
      Cidade linda, clima gostoso, trocentos cafés e livrarias, ônibus retrô style...
      Como não amar!
      <3

      Excluir
  6. Que museu bacana! Não deve nada aos muitos espalhados por aí! Se eu te contasse que a minha vovó, a vó do meu marido, é lá de Liverpool e ela conhecia todos os Beatles, hoje ela tem 85 anos, ela conta muitas histórias e eu fico só imaginando, uma das melhores amigas dela na UNI é a irmã do George Harrison quando ela morava em Liverpool. Hoje ela (a vovó) é aposentada, mas era professora de literatura, nunca conheci uma mulher mais elegante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, como assim???
      Nossa, eu seria a neta-emprestada-mala se estivesse no seu lugar! ♥
      Ainda é prof. de literatura!!!
      Owwwnnn!

      Excluir