terça-feira, 1 de julho de 2014

Junho de 2014 - o que teve

Esse foi um mês bastante intenso, socialmente falando. Resultado disso é que acabei lendo pouco e vendo pouquíssimos filmes. Não reclamo. Resolvi algumas pendências, executei projetinhos decorativos, acompanhei diversos jogos da copa com o namorado aficionado, revi pessoas queridas e descobri que serei titia novamente! :D

Assistindo...

Pedro, o negro, Milos Forman ♥♥
Mamãe faz 100 anos, Carlos Saura ♥♥
The Hedgehog, Mona Achache ♥♥♥



Também estou assistindo "Twin Peaks", a famigerada série escrita e dirigida por David Lynch. A série tem toda uma bizarrice peculiar que a gente sempre espera do Lynch, além de atuações capengas e música cafona, mas não se pode negar-lhe o estatuto de marco. Dá para enumerar umas quatro ou cinco séries, no mínimo, que evocam um ou outro traço seu.

Lendo...

Esse mês não consegui ler nada para os desafios Livrada e The Rory Gilmore Reading Chalenge. Fuén! (UPDATE! A Eduarda me lembrou que "As Virgens Suicidas" está no Desafio da Rory Gilmore \o/ Esclerose mandou lembranças!!!)

A tradução literária, Paulo Henriques Britto ♥♥♥♥ Ótimo livro, embasado e acessível. Recomendo muito para quem se interessa pelo assunto.

Eleanor & Park, Rainbow Rowell ♥♥♥ Fofo demais! Tem momentos apaixonantes e me identifiquei muito com a Eleanor. No entanto, os diálogos amorosos, em determinadas passagens, me soaram açucarados além da conta.

As virgens suicidas, Jeffrey Eugenides ♥♥♥♥ Bem escrito, sofisticado. Cria tensão e a sustenta o romance inteiro. [The Rory Gilmore Reading Challenge]

A Madona do Futuro, Henry James ♥♥♥♥

A Tempestade, William Shakespeare ♥♥♥♥ [Projeto Read More Shakespeare]

A Megera Domada, William Shakespeare ♥♥♥♥ [Projeto Read More Shakespeare]

Tanta Vida, Alejandro Palomas ♥♥♥ O estilo narrativo me agradou muito, mas peca pelo melodrama e pelo excesso de personagens.


Ouvindo...

A música nova da La Roux, "Uptight Downtown".

"So now what", do The Shins.

Uma banda que descobri recentemente e que achei interessante é a Haerts. Ouçam "All the days" e vejam o que acham. Eles lançaram poucas músicas, ainda não têm disco pronto, só um ep. Mas gostei bastante da voz da vocalista, Nini Fabi.

Também estou curtindo "Don't Mess With Me", da Brody Dalle.



7 comentários:

  1. Aline, As Virgens Suicidas está na lista de Rory Gilmore! Pode cortar mais um! ; )
    Que edições de Shapeskeare você está lendo? Eu li A Megera Domada em uma tradução tão ruim que acabei não gostando do livro.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, achava que era só o "Middlesex"! Uhul! Vou corrigir o post! \o/
      Estou lendo as traduções do Carlos Alberto Nunes para a editora Agir.
      Olha, todo Shakespeare pra mim é uma experiência e causa estranhamento, rsrs.

      Excluir
  2. Que coincidência, também estou assistindo Twin Peaks! AMO as bizarrices e genialidades da série e vivo pensando: se essa série é bizarra agora, imagina em 1990, quando foi lançada! David Lynch gênio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim! Imagina! Lynch é 8 ou 80, tem gente que ama e que detesta. Acho sensacional! rsrs

      Excluir
  3. Sigo seu blog a um tempo e encontro aqui sempre boas dicas de livros, filmes e séries entre outras coisas... Obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
  4. Gostou de "mamãe faz cem anos"? Tenho o DVD da coleção da Folha de S. Paulo e foi uma grata surpresa.

    ResponderExcluir
  5. Twin Peaks é amor!
    E todo mundo fala tão bem de Eleanor & Park que estou com vontade de ler ;)

    ResponderExcluir