segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O que mais gosto de escrever no meu blog #rotaroots



Minha história com blogs deve ter começado por volta de 2006, quando entrei no meu trabalho atual. Antes disso, eu já escrevia em fotologs, flogs, vibeflogs essas coisas. Essas plataformas não eram apropriadas pra mim, porque eu não tinha câmera digital, então tinha de escanear fotos, e porque eu gostava mais de escrever mesmo.

Num desses sites de foto, um mala ficou me stalkeando e enchendo a minha paciência, o que me deixou meio ressabiada e me levou a deletar tudo.

Só que em 2006 eu estava lendo montes de blogs e decidi criar um para escrever meus textos. Esse blog é mais literário, menos diarinho, e existe até hoje: é o Palavra Invadida. Demoro mais para postar lá, mas sinto um carinho especial por ele. Durante anos ele foi bem movimentado e por causa dele conheci muita gente legal.

Em 2009, decidi fazer um blog mais miscelânea. O Little Doll House já nasceu eclético e o plano era fazer dele a minha casinha de brinquedos mesmo, ou seja, o lugar onde eu ia reunir e falar das coisas de que gosto. Durante um tempo, o blog foi principalmente de looks do dia, mas eu sempre dava um jeito de falar de música, cinema, literatura, comidinhas e cultura retrô. Ao longo desse tempo, aprendi muita coisa nova, fiz montes de amigos, viajei para conhecer pessoas, vi amiga de blog casando, vi filho de amiga blogueira nascendo, passei pelo início do assédio a blogueiras, onde tive parcerias com marcas. Também ajudei a divulgar o trabalho dazamigue só no amor mesmo. E também encarei a famosa fase do bloqueio, de não querer mais escrever, de nem abrir o blog.

Só que eu gosto dessa troca. Não adianta, aconteça o que acontecer, acabo voltando. Gosto muito de dar dicas, o que é bem diferente de cagar regras. Simplesmente, quando vejo um bom filme, descubro alguma banda bacana ou como algum prato incrível, quero dividir. Quero espalhar os momentos de beleza da minha vida com quem estiver disposto a receber. E sou uma dessas pessoas, também, que adora receber dicas entusiasmadas. 

Atualmente, o blog voltou a ser salada que imaginei no início. Hoje, falo um pouco mais de livros também. O barato da internet para mim é a cooperação e a troca de ideias. Então, por mais que eu me afaste às vezes, ou até que acabe enjoando de escrever, devo continuar visitando, pesquisando. Os blogs já estão bastante incorporados à rotina de quem navega na rede. Se a gente quer uma receita, se quer saber mais sobre aquela peça diferente que assistiu no fim de semana, se quer resenhas comparativas dos novos modelos de celulares, acabaremos caindo em algum blog.

E, voltando à pergunta do título, responderei citando a frase que descrevia um dos meus blogs favoritos da vida, o já encerrado Deveria estar estudando, da querida Mel: "Todas as coisas que me distraem". Ou seja, produtos culturais e artísticos que consumo, programinhas que gosto de fazer e um pouco que diarinho também.

E vocês? Sobre o que gostam de escrever em seus blogs?

***

O tema do post foi sugerido pelo Rotaroots.

13 comentários:

  1. Aline é isto aí, continue postando, e faça deste espaço mesmo sua salada, pois todo mundo tem uma opinião sobre algum assunto, mas se te visitamos sempre, é porque gostamos da sua. Acho que todo mundo que tem blog já passou por fases de desanimar de postar, saiba que tem leitores que estão sempre por aqui, e com isto, se mantenha animada...rs. Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Eu amo blogs, adoro essa ideia de cooperação.

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro escrever, fiz alguns blogs e excluí desde 2009. Agora vou ver se fico quieta com esse :)

    Bj
    http://lendoantesdemorrer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aim, amei seu texto, e gosto muito dessa sua fase atual do blog. Você é super guia pra quando quero ouvir / ler algo novo. Aliás, tô pra pegar na Ana Cristina Cesár faz um tempo! Acho que depois daquela onda from hell de polêmicas quanto à publi/shame/diabo a quatro, rolou uma amadurecida, um foda-se pra cagação de regra, e sinto que estamos num momento gostoso dos blogs. Pelo menos é o que a impressão que tenho com o meu feed ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, como estou podendo em ser sua guia!

      Leia Ana C.! Tomara que vc goste!

      Beijoca!

      Excluir
  5. Transmimento de pensação. Eu estava curiosa para saber como você começou a sua vida em blogs, obrigada por nos deixar saber disso.
    Por favor, continue fazendo essa salada deliciosa porque a comida lá fora tá osso.

    ResponderExcluir
  6. O seu blog tem uma característica que adoro, Aline, que é o espírito dos primeiros blogs. Eu tive um blog assim em 2000, 2001. Depois fiz um de culinária, que durou muito, e agora meu atual, que eu queria que fosse mais salada no começo mas que não dei conta e ficou só de livros mesmo. Adoro vir aqui na sua casinha! Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que querida, Lu!
      Volte sempre que será bem-vinda!
      :)

      Beijinhos!

      Excluir
  7. Aline, eu conheci o seu blog pelo da Mel e te acompanho a uns 3 anos mais ou menos. Sempre fui uma leitora fantasminha que acompanha e quase nunca comenta.

    Confesso que sempre amei look do dia, principalmente por vcs terem um estilo próprio longe das marcas grifadas.

    Gosto muito da mistura que vc faz e adorei que vc finalmente criou seu canal no YT.

    bjos
    Euslene

    ResponderExcluir
  8. Que lindo post, Aline! Realmente acredito que ter blog é um coisa prazerosa em escrever o que gosta e dividir pensamentos/ideias/impressões sobre coisas. Eu não conhecia este seu blog literário...vou dar uma lidinha nos seus posts.
    Eu tenho um blog literário chamado O Feminino dos Livros (www.ofemininodoslivros.blogspot.com) que tem a função de dividir impressões e posicionamentos perante a literatura utilizando um viés de análise feminista. Eu entendo estre meu projeto como a busca que as pessoas entendam que o feminismo como dar igualdade entre os gêneros independente de cor, credo e identidade. Sei que é meio ousado da minha parte querer trabalhar isto, mas eu queria discutir questões que via em falta em blogs e vlogs literários. Este meu blog não é o primeiro que tive, antes tive dois outros, um era de poemas/contos que escrevia e o outro era sobre teoria musical. Hoje estes dois primeiros blogs que tive não existe mais, porém tenho um tumblr que escrevo novos contos e poemas.
    Admiro muito seu blog e reforço que vejo o quanto que você se diverte ao compartilhar suas leituras, suas viagens e seus looks.

    Espero que a ideia de se divertir permaneça em sua vida!

    Beijo,

    Jéssica.

    ResponderExcluir