quinta-feira, 16 de outubro de 2014

atalho

a leitura é chave de mim:
faço que chego ao alvo,
mas caio
de soslaio
na esquina do pensamento.

a palavra que se faz código
eu desmonto e faço vela —
proa solta ferindo a rota
que, postergada,
rasga um atalho,
revelando icebergs autômatos,
estalactites raras,
de ponta-cabeça:

what a mess!

pirracinha rabiscando o plano...

2 comentários: