terça-feira, 28 de outubro de 2014

média

a ideia está presa
presa presa presa

é filha esbatida da cópia
da chancela desbotada
tanta repetição deu em nada:
brilho que não avança

                 {aviãozinho de papel que desce em esvoaçar demente}

não inventa
não muda
não salta

trota igual entre muitas

mas ela sua, ela chora
(não é sua culpa!)

curva-se encarando a f
                                    a
                                       l
                                         ê
                                           n
                                            c
                                             i
                                            a
                                       fadada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário