sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Os 10 melhores filmes que assisti em 2014

Elenco abaixo os melhores filmes que assisti em 2014. Eles não estão numa ordem de preferência e não são lançamentos desse ano.


1. Au revoir les enfants, Louis Malle (1987) - De inspiração autobiográfica, o filme retrata o período em que Julien Quentin estuda numa escola católica francesa, durante a segunda guerra. Ele acaba fazendo amizade com o tímido e inteligente Jean Bonnet, que guarda um segredo um tanto perigoso. Filme sensível e delicado.


2. A Caça, Thomas Vinterberg (2012) - Numa cidadezinha da Dinamarca, um professor do jardim da infância é injustamente acusado de agressão sexual e passa a ser perseguido pelos moradores. Tensão do início ao fim e atuações excelentes.



3. A dupla vida de Véronique, Krzysztof Kiéslowski  (1991) - Weronika, polonesa, e Véronique, francesa, não se conhecem, mas suas vidas parecem interligadas de algum modo. Essa ligação se acentua após a morte súbita de uma delas. O filme tem uma beleza visual bem particular, além de ser muito delicado e poético.


4. Trinta Anos Esta Noite, Louis Malle (1963) - As últimas 48h na vida do desiludido e angustiado Alain Leroy, após a sua saída da clínica onde se tratava de alcoolismo. Uma película bem triste, de forte inspiração existencialista, com fotografia e trilha sonora impecáveis.



5. Luzes da Ribalta, Charles Chaplin (1952) - Calvero, que no passado foi um palhaço de grande reputação, em 1914 está praticamente destruído em virtude do alcoolismo. Ele começa uma relação de amizade e cooperação com Terry, uma bailarina, após salvá-la de uma tentativa de suicídio. Um filme comovente, de inspiração autobiográfica e com uma série de críticas subjacentes, que reúne comédia e drama e conta com uma ótima atuação de Chaplin.


6. Nunca te vi, sempre te amei (84 Charing Cross Road), David Hugh Jones (1987) - O filme é baseado no livro de Helene Hanff, onde ela reuniu as cartas que trocava com o livreiro inglês Frank Doel e também com os funcionários de sua livraria. O jeito expansivo e cativante de Helene faz com que ela passe de uma mera cliente a amiga. O filme é bastante fiel ao livro (cheguei ao livro por causa do filme, inclusive), e conta com as ótimas atuações de Anne Bancroft e Anthony Hopkins nos papéis principais.


7. O que terá acontecido a Baby Jane?, Robert Aldrich (1962) - Jane Hudson, que na infância havia sido uma famosa artista mirim, passa os dias de sua vida adulta encerrada em uma mansão, onde cuida da irmã Blanche, que ficou tetraplégica após um misterioso acidente. Filme angustiante com Bette Davis atuando de forma magnífica no papel da enlouquecida Jane.


8. As Virgens Suicidas, Sofia Copolla (1999) - Película inspirada no romance homônimo de Jeffrey Eugenides. O filme não é totalmente fiel ao livro, mas toma liberdades acertadas. Ele capta parte do espírito da trama, que é o fascínio dos meninos da vizinhança com a misteriosa vida das irmãs Lisbon. Tem aquela fotografia de sonho típica dos filmes da Sofia e uma trilha sonora deliciosa.


9. Túmulo dos Vagalumes, Isao Takahata (1988) - Animação muito pungente e triste, inspirada no livro semi-autobiográfico que Akiyuki Nosaka escreveu para tentar superar a morte da irmã. Os irmãos Seita e Setsuko tentam sobreviver aos horrores da segunda guerra, apartados dos pais. Com muito amor, compaixão e imaginação, o menino Seita tenta cuidar, proteger e entreter a pequena Setsuko. Há muita poesia na forma como a relação dos irmãos é retratada.


10. Europa 51, Roberto Rossellini (1952) - Irene, uma mulher da alta sociedade, vive uma vida fútil e alienada. Após a morte brusca e inesperada de seu filho, ela mergulha numa crise existencial que a faz mudar radicalmente de hábitos, em busca de algum sentido para a própria vida. Integrante de uma fase do diretor conhecida como Trilogia da Solidão, Europa 51 é um filme menos político e mais reflexivo. O diretor faz um uso interessante dos elementos formais na retratação da passagem do tempo, de modo a ressaltar as transformações da personagem.  A atuação de Ingrid Bergman é primorosa.


Quais foram os melhores filmes que vocês viram esse ano?


4 comentários:

  1. Oi Aline
    assisti a caça,
    o filme inteiro me provocou sensações ruins. Impossível assistir imune,
    vou procurar para ver alguns desses em 2015

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Esses filmes parecem ser interessantes. Não assisti nenhum da sua lista, mas já ouvi falar de alguns. Adoro dicas de filmes.
    www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
  3. Fico impressionada como o filme A Caça foi bem aceito pela crítica porque foi o filme que mais odiei, justamente pela expectativa que eu tinha sobre ele. Primeiro, começa e termina com caçadores que são as pessoas que eu expulsaria do planeta. Depois que é uma violência sem fim, não tem um diálogo inteligente nem uma briga judicial instigante. Odiei mesmo ! Talvez eu não entenda nada de filmes rs.
    bjs

    ResponderExcluir